Correção de Assimetria das Mamas

Correção de Assimetria das Mamas

Mamas assimétricas têm diversas causas, desde patologias mais graves como câncer de mama, até o aumento irregular da glândula na puberdade. Mas não somente o tamanho entre uma e outra pode variar, bem como a posição lateral, a altura, o formato e até a largura das mamas. São diversas as possibilidades de correção da dificuldade, mas basicamente em questões estéticas de tamanho e posição vertical, os casos mais comuns, o cirurgião plástico pode aumentar a mama pequena com um implante, reduzir o seio grande, ou usar implantes de tamanhos diferentes em cada mama para igualar suas medidas. A assimetria, quando corrigida com uso de prótese tem basicamente 3 possibilidades de locais para incisão: ao redor da aréola, no sulco inframamário, nas axilas, os mesmos de um aumento de mamas. Realizada impreterivelmente em ambiente hospitalar, com anestesia que pode varia de local com sedação à geral, dependendo do procedimento, pode decorrer normalmente entre 1 e 3 horas. O retorno às atividades cotidianas ocorrerá aproximadamente duas semanas após a correção da assimetria. A redução deve ser permanente se a paciente mantiver-se no peso e hormonalmente saudável, por isso dependendo do caso, o acompanhamento de um endocrinologista é essencial. Já, o aumento com o uso de implantes exigem o acompanhamento e revisão comuns a uma mamoplastia de aumento em ambas as mamas, para revisão das próteses. Outros posts que você vai gostar: Mamoplastia de aumento: o básico que você precisa saber Vias de Acesso: São 3 as principais vias de acesso (incisões). A prótese de mama pode ser colocada de forma periareolar ou seja, em volta da aréola. Através de incisão submamária,...
Prótese de Silicone em Niterói – Mamoplastia de aumento

Prótese de Silicone em Niterói – Mamoplastia de aumento

Muitas mulheres estão insatisfeitas com o tamanho das mamas ou reclamam terem perdido volume na região após a gravidez. Com a mamoplastia de aumento, as mamas pequenas (hipomastias) ou que apresentem um tamanho menor do que o desejado pela paciente, dentro de limites estéticos, podem ser aumentadas. A colocação de prótese de silicone nos seios também está indicada nos casos de assimetrias mamárias congênitas em que uma das mamas é muito pequena, uniformizando mamas assimétricas. As mamas terão o seu volume aumentado, através da cirurgia, melhorando a sua consistência e forma. As próteses de silicone podem ser escolhidas dentre vários tamanhos porém é importante que se mantenha as proporções entre o volume da nova mama e o tamanho do tórax de cada paciente, a fim de se obter uma maior harmonia estética. Nos casos em que houver excesso de flacidez associada faz-se um levantamento das mamas (mastopexia) junto com a mamoplastia de aumento, levando a uma maior firmeza no aumento. Indicação Aumento das mamas e correção da perda de volume dos seios. Anestesia utilizada Anestesia geral, peridural ou local, dependendo do caso. Onde se localizam as cicatrizes? Alguns cirurgiões situam as cicatrizes da mamoplastia de aumento no pólo inferior da mama e no sulco formado entre a mama e o tórax. Outros, na área da aréola e até mesmo na axila. Desde os primeiros dias do pós-operatório, poderá ser usado um “decote bastante generoso”, pois, as cicatrizes ficam bastante disfarçadas. Com o decorrer do tempo, as cicatrizes vão ficando menos visíveis. Tempo de cirurgia Em média, de 90 a 120 minutos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve...
Próteses de Silicone, podem estourar?

Próteses de Silicone, podem estourar?

Não, as próteses são feitas geralmente com envoltório extremamente resistente e não existe risco de se romperem em situação normal, nem mesmo com forte pressão contra o tórax ou glúteos. As situações que podem romper uma prótese são aquelas totalmente evitáveis, como injeções, que não devem ser aplicadas em regiões com prótese (como a de glúteos) ou as muito radicas, onde há rompimento até mesmo de tecidos e orgãos, como um acidente de carro por exemplo. Nestes casos, a prótese, quando de silicone, é até uma aliada, pois pode ajudar a amenizar os traumas devido a coesividade do material. Mesmo casos de rompimento da prótese, não acarretam muitos problemas, já que o silicone é formado de um gel coesivo, que se mantém na região do implante sem se espalhar pelo corpo, como muitos ficam com medo. Próteses com recheio de solução salina (soro fisiológico) da mesma forma, não acarretam problemas já que o soro é reabsorvido pelo corpo. Assim, em casos extremos de acidente com consequente rompimento da prótese, é necessário apenas realizar novamente o procedimento, sem qualquer risco à saúde.   Deixe seu melhor e-mail e receba apenas 1 e-mail mensal com novidades (sem spam)...
Conheça a cirurgia de ‘transformação de mamães’ [mommy makeover]

Conheça a cirurgia de ‘transformação de mamães’ [mommy makeover]

Após a gestação algumas mamães ficam com a autoestima baixa devido às alterações corporais advindas do período. Principalmente para mamães que ultrapassaram a barreira dos 9 Kg, os prejuízos à estética corporal aparecem mais claramente após o parto em diferentes graus. O aumento de seios e a expansão abdominal, quando acompanhados de sobrepeso excessivo podem gerar flacidez, estrias e acúmulo de gordura. O período de quarentena que deve ser observado pela mãe para plena recuperação e os cuidados com o bebê acarretam um natural, mas não recomendado sedentarismo pós parto, que agrava ainda mais a situação. Assim, muitas mamães procuram um cirurgião plástico para regressar a uma boa forma corporal. Quais as mudanças corporais mais comuns pós parto? Seios – como o volume das mamas aumenta acentuadamente durante a gestação e amamentação, quando o processo cessa, a mulher costuma perder peso e o volume é diminuindo drasticamente, não sendo acompanhado pela pele em volta, que sem contar com elasticidade, costuma deixar as mamas flácidas e caídas. A aréola, aumentada, normalmente não regressa ao seu aspecto pré parto e também pode ser um dos motivos de uma visita ao cirurgião, que pode incluir a redução delas.     Abdome – como os músculos abdominais são estendidos durante a gravidez para acomodar o bebê alguns, caso o sobrepeso, ou a expansão da barriga seja muito grande, podem não retornar à posição original. Isso pode deixar o abdome frouxo e flácido. Além dos músculos, a pele abdominal também costuma sobrar, devido à diminuição do volume, causando queda e sobra de pele, muitas vezes exageradamente acentuada, destruindo a auto estima feminina. Após quanto tempo posso fazer uma cirurgia plástica pós parto? 6 meses após...
Prótese de mamas, corrige flacidez?

Prótese de mamas, corrige flacidez?

Essa é uma pergunta muito comum em consulta, e a possibilidade existe sim, mas as situações estéticas das mamas femininas são tantas que é preciso avaliação precisa. Na verdade, a flacidez só é corrigida com prótese naqueles casos de pouca ptose, ou seja, são aquelas mamas de queda mais amena, com pouca flacidez. Mas quem é responsável pela flacidez?  A flacidez em todos os casos, não importa a área corporal, é um estiramento da pele (envoltório), causado por aumento de volume de uma região. Assim, a flacidez das mamas, ocorre quase sempre após algum evento que cause aumento e diminuição de volume, ganho de peso seguido de emagrecimento (efeito sanfona) e gravidez. Apesar da pele ser elástica, ela suporta um limite pequeno de aumento de volume ainda com capacidade para retornar. Quando esse limite é ultrapassado, ela não tem mais capacidade de retornar a posição original. Assim, nos casos em que um volume é reduzido, a pele permanece do mesmo tamanho, originando dobras e pouca sustentação. Próteses resolvem então que situações? As próteses são capazes então, de resolver situações em que o envoltório está pouco esticado (flacidez reduzida), conseguindo preencher as mamas com um volume suficiente para fazer com que o equilíbrio entre quantidade de pele (envoltório) e tecido mamário (volume) se reequilibrem. Essa situação costuma ocorrer em casos de pseudoptose, uma flacidez leve em que a aréola ainda está acima do sulco mamário e é mais comum em mulheres magras com mamas pequenas. E quando as próteses não resolvem?  Em situações em que a prótese não é capaz de reequilibrar volume das mamas com seu envoltório (pele) e elevar as mamas, geralmente o...
Uma pergunta muito comum…

Uma pergunta muito comum…

Dr. André, minha amiga botou uma prótese de silicone nas mamas e ficou excelente, posso escolher a mesma prótese? Essa é uma questão que costuma aparecer em meu consultório, vez por outra. E minha resposta é quase sempre a mesma: Não. Simplesmente por que cada pessoa tem um biótipo corporal e o que se adapta a uma pessoa pode não ser ideal para outra. A cirurgia de aumento de mamas, é talvez a cirurgia com maior necessidade de avaliação caso a caso, pois diversos fatores são decisivos para o melhor resultado e fazem a diferença entre realizar o desejo da paciente e ficar apenas perto disso. Além das diversas disponibilidades de prótese, com seus formatos e volume e a possibilidade de escolher o plano anatômico (subglandular ou sumuscular) é importante avaliar os seguintes fatores da composição corporal feminina: Altura e Peso Distância entre ombros e formatação do colo Tamanho, projeção e posição das mamas (ptose?) Formatação corporal: longilínea, forte, ‘mion’… Cruzando esse conjunto de informações corporais com os desejos da mulher: Sobriedade, Presença, Abundância… Poderemos escolher a prótese exata e o plano anatômico que se encaixará perfeitamente e trará satisfação à paciente. Deixe seu melhor e-mail e receba apenas 1 e-mail mensal com novidades (sem...