Abdominoplastia: 10 coisas que você precisa saber sobre a plástica do abdome

Abdominoplastia: 10 coisas que você precisa saber sobre a plástica do abdome

No ranking das cirurgias estéticas mais desejadas pelas mulheres, a abdominoplastia já está entre as primeiras. Será que quem procura por esse procedimento sabe se os resultados reais combinam com o sonho da barriga sequinha?

Segundo um estudo feito pelo instituto de pesquisas Ideafix, a pedido da Mentor Worldwide LLC, fabricante de produtos médicos, a abdominoplastia já ultrapassou a colocação de prótese de silicone nos seios e está em segundo lugar na lista dos procedimentos mais desejados pelas mulheres de 18 a 45 anos, atrás apenas da lipospiração. Reunimos então as 10 dúvidas mais comuns sobre a cirurgia para você entendê-la melhor!

1. Como é feita a abdominoplastia?

Quando a mulher engravida ou engorda muito, o abdômen dilata e os músculos da região se afastam. Depois que o bebê nasce ou os quilos vão embora, eles podem voltar ao normal ou, então, permanecer um pouco separados. “Nesse caso, reposicionamos essa estrutura ao fazer uma costura com vários pontos, chamada de plicatura”, explica o cirurgião Wilson Cintra Júnior, do Hospital das Clínicas, em São Paulo. O excesso de pele é puxado para baixo e cortado. Depois, a costura é feita horizontalmente, na altura dos pelos pubianos, e o buraquinho do umbigo é refeito.

2. Verdade que a cicatriz é muito grande?

Depende. Quanto menor a retirada de pele e de gordura, menor o tamanho da marca. “Além disso, não dá para prever exatamente se ela vai ficar mais suave ou perceptível porque depende da genética da paciente”, explica Bárbara Machado. “Digo sempre que há uma troca: você melhora o contorno do corpo e, com isso, ganha uma cicatriz que pode, sim, ser extensa, às vezes de ponta a ponta da barriga.”

A cicatriz da abdominoplastia depende da quantidade de pele a ser retirada. Quanto mais a flacidez de pele, maior a cicatriz, que SEMPRE deve ser programada para ficar escondida na linha das roupas íntimas e biquíni.

A cicatriz da abdominoplastia depende da quantidade de pele a ser retirada. Quanto mais a flacidez de pele, maior a cicatriz, que SEMPRE deve ser programada para ficar escondida na linha das roupas íntimas e biquíni.

3. Existe alguma contraindicação para a operação?

“Não se faz a cirurgia em menores de 18 anos”, diz Cintra Júnior. “Se o paciente tiver alguma restrição alérgica, anestésica ou problemas de coagulação, também não pode se submeter ao procedimento.” Os fumantes precisam passar por uma avaliação ainda mais rigorosa do que a habitual porque a nicotina contrai os vasos sanguíneos e atrapalha a irrigação dos tecidos.

4. Quem não teve filhos, mas planeja ser mãe, pode recorrer à técnica?

Não é o ideal, mas pode. “Com a gravidez, os músculos vão se afastar novamente, porém, menos do que antes. A flacidez também será menor”, diz Cintra Júnior. Uma mulher que nunca engravidou, mas já foi obesa, por exemplo, passa pelo mesmo processo de afastamento da musculatura que a gestante enfrenta. Se o emagrecimento foi rápido, como costuma acontecer depois da cirurgia bariátrica, a sobra de pele pode ser maior. E aí vale consultar um cirurgião de confiança para verificar se o procedimento é indicado nesse caso. Mas definitivamente não é o tipo de cirurgia para quem não tem excesso de flacidez abdominal e quer apenas perder a barriga. Se dieta e exercícios físicos não derem conta, o profissional pode recomendar a lipoaspiração.

5. Como saber se a abdominoplastia é técnica mais indicada para alisar o abdômen?

“Fique de pé e leve o tronco levemente para a frente. Se conseguir segurar somente a pele da região abaixo do umbigo, converse com seu médico sobre a possibilidade de fazer a abdominoplastia”, diz Golcman. Se não conseguir, mas perceber flacidez, pode ser o caso de uma miniabdominoplastia. O procedimento é o mesmo, só que em uma área bem menor e, em alguns casos, sem a necessidade de costurar o músculo. (Veja Cada Corpo, uma Sentença).

6. Ouvi dizer que as famosas fazem logo após o parto. Pode?

Não. “A mulher que dá à luz tem um período de aproximadamente 40 dias de puerpério, em que acontece uma série de alterações na coagulação, na parte hormonal e na retenção de líquidos”, afirma Cintra Júnior. Por isso, não se deve fazer nenhum tipo de cirurgia estética nessa fase. “Depois, se a paciente voltar à atividade física, vai recuperar o contorno corporal e pode nem precisar da operação.” É por isso que os cirurgiões aguardam, em média, seis meses para avaliar a necessidade do procedimento.

A abdominoplastia é comumente casada com a mamoplastia após a última gravidez.

A abdominoplastia é comumente casada com a mamoplastia após a última gravidez. Neste caso, deve-se aguardar 3 meses após o fim da amamentação, para que a mama adquira a forma normal após a normalização hormonal.

7. A operação acaba com as estrias do abdômen?

“Se elas estiverem na parte que for retirada, geralmente abaixo do umbigo, sim. Caso contrário, pode acontecer apenas de melhorar o aspecto delas, mas nada vai fazer com que sumam”, diz Cintra Júnior.

8. Quanto tempo dura a cirurgia?

“De uma hora e meia a três horas e meia”, diz Golcman. O período de internação fica em torno de 48 horas.

9. Como é o pós-operatório?

“A recuperação dura entre 15 e 21 dias, quando já dá para voltar a dirigir e trabalhar. Só não vale pegar peso. Se houver plicatura dos músculos, o período sobe para um mês”, afirma Golcman. Como os hematomas demoram até quatro meses para desaparecer, nada de praia nessa fase, já que o sol causaria manchas. Além disso, o tecido traumatizado pela técnica invasiva cria todas as condições para a retenção de líquidos. Para diminuir o desconforto e o inchaço, o cirurgião recomenda sessões regulares de drenagem linfática a partir de sete dias da operação. “Também ocorre uma leve perda de sensibilidade na região durante os primeiros meses”, alerta Bárbara, da Clínica Ivo Pitanguy.

10. Como manter o resultado?

“São dois os segredos: o primeiro é manter o peso ou até emagrecer – o que não pode é engordar depois da cirurgia, o que, claro, compromete o resultado. O segundo é fazer atividade física para melhorar o tônus muscular do abdômen”, diz Golcman.

Com matéria do M de Mulher


Outros posts que você vai gostar:

  • mamas-aumento Mamoplastia de aumento: o básico que você precisa saber

    Vias de Acesso: São 3 as principais vias de acesso (incisões). A prótese de mama pode ser colocada de forma periareolar ou seja, em volta da aréola. Através de incisão submamária, no sulco escondido abaixo das mamas ou através de uma corte na axila. Plano anatômico: O plano diz respeito ao local onde a prótese ficará localizada dentro da mama. Existem duas posições possíveis: embaixo da glândula ou abaixo do músculo. [caption id="attachment_328" align="aligncenter" width="500"] Os planos anatômicos mais usados na mamoplastia de aumento.[/caption] Tipos de prótese: Há vários formatos e modelos de próteses de mama, cada uma com uma…

  • tipos-lipo Por que tantos tipos de Lipoaspiração?

    Muitos pacientes me trazem questionamentos sobre os tipos de lipoaspiração, a cirurgia mais requisitada no Brasil e nos Estados Unidos, os líderes de cirurgia plástica em todo o mundo. É bem simples, todos os procedimentos chamados lipoaspiração têm o mesmo roteiro: 1) incisão de poucos milímetros. 2) injeção da Solução de Klein 3) uso de cânula para aspirar a gordura. Assim, atualmente todas as lipoaspirações podem ser chamadas previamente de hidro-lipos pois utilizam a solução de Klein, que entumece a gorduram, facilita o procedimento e elimina diversos riscos. Os nomes técnicos e que muitas vezes são usados comercialmente para "vender…

  • abdominoplastia-niteroi Estou grávida, como faço para evitar uma abdominoplastia posterior?

    A abdominoplastia é uma cirurgia plástica muito comum para mulheres que engravidaram e tiveram grande acréscimo de peso durante a gestação. Obviamente, que neste período, a atenção deve estar voltada para o feto e tudo deve ser feito para nutri-lo de forma adequada, e acredito fielmente que as mamães devem se sentir livres para abusar um pouco de seus desejos, afinal é uma fase única onde o que importa mesmo é a criança que virá ao mundo. Mas se você tem uma gestação tranquila e se preocupa com os resultados estéticos posteriores ao parto, talvez vá gostar de saber os…

  • plastica-ex-obeso Cirurgia Plástica para Ex-Obesos – Plástica Pós Grandes Perdas Ponderais em Niterói

    A cirurgia plástica pós-bariátrica ou a plástica para ex-obesos é um conjunto de cirurgias plásticas para corrigir as alterações corporais após grande perda ponderal, mais notadamente a flacidez que é o resultado de toda grande perda de peso, que também pode ser decorrente de dieta natural, sem intervenção. Muito mais comum atualmente, a cirurgia bariátrica e a gastroplastia geram grande número de ex-obesos que têm na cirurgia plástica uma necessidade posterior para melhoria do aspeto estético corporal em várias regiões. O tratamento do ex-obeso é feito em etapas, onde se programa uma cirurgia para cada região. A realização de vários procedimentos em um único…

  • protese-panturrilhas-niteroi Prótese de Panturrilhas – Plástica das Panturrilhas em Niterói

    Pernas bem torneadas são uma das caraterísticas mais desejadas pelas mulheres. A harmonia porém entre coxas e panturrilhas não é muito fácil de se conseguir já que as panturrilhas são difíceis de aumentar através de exercícios. No caso dos homens a dificuldade é a mesma e muitos rapazes que fazem academia sofrem de desproporção entre tórax e braços, a parte superior do corpo, com a parte inferior, as pernas, mais notadamente a "batata da perna", que quando menos volumosa faz com que se ressalte a aparência de pernas finas, incompatíveis com o restante do corpo. Indicação para prótese de panturrilha Aumento estético…

  • mamoplastia-niteroi Mamoplastia: conheça os tipos de plásticas que modelam as mamas

    Essas cirurgias podem ser feitas para aumentar, reduzir, levantar ou até mesmo reconstruir os seios. O que é a mamoplastia A mamoplastia é toda cirurgia plástica que transforma e modifica o formato das mamas, tendo por objetivo torná-lo mais harmonioso e proporcional ao restante do corpo. Elas podem aumentar, diminuir ou mesmo alterar a aparência dos seios.   Tipos de mamoplastia Apesar de receber o mesmo nome, a finalidade da mamoplastia faz com que os recursos e processos utilizados sejam diferentes. Entenda como é feita cada uma delas: Mamoplastia de aumento Geralmente são as mulheres que tem seios muito pequenos…

Deixe seu melhor e-mail e receba apenas 1 e-mail mensal com novidades (sem spam)

(Visitado 9.654 vezes, 1 hoje)

2 Comentários

  1. Oi meu sonho é fazer abdiminoplastia e mamoplastia quanto fica uma cirurgia dessa

    • Olá Cristiane, tudo bem?

      O tratamento correto só pode ser indicado com exatidão mediante avaliação em consulta ok? Por questōes éticas não fornecemos preço sem avaliar o paciente. Afinal somos todos diferentes.

      Fico te esperando para essa avaliação em uma das minhas clínicas.

      Seguem os contatos:

      Marcação de consultas e Informações
      Tel.: (21) 2612-8017 e 2612-8015
      contato@andremattos.com.br

      Clínica de Niterói
      Rua Cel. Moreira César, 160 – Grupo 1416 Icaraí – Niterói / RJ – CEP: 24230-062

      Clínica do Rio de Janeiro Rua Dona Mariana, 143 – Sala B 34 Botafogo / RJ – CEP: 22280-020 *Estacionamento vallet em ambas as clínicas

Share This